Príncipe William diz que avô 'está bem'; Príncipe Philip foi internado na semana passada após se sentir mal

Aos 99 anos, o marido da rainha Elizabeth II recebe cuidados em um hospital de Londres há seis dias. Consorte britânico se retirou da vida pública em 2017. A rainha Elizabeth II e o príncipe Philip, duque de Edimburgo, posam no Castelo de Windsor em 6 de junho, em foto oficial de comemoração do aniversário de 99 anos do príncipe Steve Parsons/PA Wire/Pool via Reuters O príncipe William do Reino Unido disse nesta segunda-feira (22) que seu avô, príncipe Philip, de 99 anos, "está bem" depois de passar quase uma semana no hospital. "Ele está bem, estão cuidando dele", disse William a jornalistas enquanto visitava um centro de vacinação contra a Covid-19 na Inglaterra. Na terça-feira (16), o marido da rainha Elizabeth II, foi internado no hospital privado King Edward VI, de Londres, "por medida de precaução" depois de se sentir mal, informou o Palácio de Buckingham em um comunicado. A última notícia envolvendo a saúde do casal real britânico saiu em janeiro, quando príncipe Philip e Elizabeth II tomaram a vacina contra a Covid-19. Um médico aplicou o imunizante no Castelo de Windsor. De acordo com a emissora britânica BBC, a Família Real quis deixar claro que a rainha foi vacinada para evitar especulação sobre o tema. Não foi informado qual vacina eles receberam — o Reino Unido utiliza atualmente os imunizantes da Pfizer/BioNTech e de Oxford/AstraZeneca. Elizabeth II tem 94 anos, e Philip, 99. Os dois, portanto, estão no grupo de risco para a Covid-19 devido à idade avançada e se encontram nas faixas de prioridade para a vacinação no país, que começou em dezembro. Fontes do palácio disseram à agência de notícias France Presse que a internação do príncipe consorte não tinha nenhuma relação com o coronavírus, e que ele estava de bom humor. No sábado, o príncipe Charles visitou o pai, mas não comentou sobre seu estado de saúde. Outras internações de Philip Em junho de 2017, o príncipe foi hospitalizado por duas noites por causa de "uma infecção relacionada a uma patologia existente". Em 2018, fez uma cirurgia no quadril. Em janeiro de 2019, ele sofreu um acidente de carro dentro de sua propriedade em Sandringham. O veículo do príncipe capotou, mas Philip saiu ileso do acidente, e depois renunciou à sua carteira de motorista. No final de dezembro do ano passado, Philip ficou em observação "devido a problemas de saúde pré-existentes", segundo o palácio. Príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth, deixa hospital em Londres REUTERS/Hannah McKay VÍDEOS mais vistos do G1

Príncipe William diz que avô 'está bem'; Príncipe Philip foi internado na semana passada após se sentir mal

Aos 99 anos, o marido da rainha Elizabeth II recebe cuidados em um hospital de Londres há seis dias. Consorte britânico se retirou da vida pública em 2017. A rainha Elizabeth II e o príncipe Philip, duque de Edimburgo, posam no Castelo de Windsor em 6 de junho, em foto oficial de comemoração do aniversário de 99 anos do príncipe Steve Parsons/PA Wire/Pool via Reuters O príncipe William do Reino Unido disse nesta segunda-feira (22) que seu avô, príncipe Philip, de 99 anos, "está bem" depois de passar quase uma semana no hospital. "Ele está bem, estão cuidando dele", disse William a jornalistas enquanto visitava um centro de vacinação contra a Covid-19 na Inglaterra. Na terça-feira (16), o marido da rainha Elizabeth II, foi internado no hospital privado King Edward VI, de Londres, "por medida de precaução" depois de se sentir mal, informou o Palácio de Buckingham em um comunicado. A última notícia envolvendo a saúde do casal real britânico saiu em janeiro, quando príncipe Philip e Elizabeth II tomaram a vacina contra a Covid-19. Um médico aplicou o imunizante no Castelo de Windsor. De acordo com a emissora britânica BBC, a Família Real quis deixar claro que a rainha foi vacinada para evitar especulação sobre o tema. Não foi informado qual vacina eles receberam — o Reino Unido utiliza atualmente os imunizantes da Pfizer/BioNTech e de Oxford/AstraZeneca. Elizabeth II tem 94 anos, e Philip, 99. Os dois, portanto, estão no grupo de risco para a Covid-19 devido à idade avançada e se encontram nas faixas de prioridade para a vacinação no país, que começou em dezembro. Fontes do palácio disseram à agência de notícias France Presse que a internação do príncipe consorte não tinha nenhuma relação com o coronavírus, e que ele estava de bom humor. No sábado, o príncipe Charles visitou o pai, mas não comentou sobre seu estado de saúde. Outras internações de Philip Em junho de 2017, o príncipe foi hospitalizado por duas noites por causa de "uma infecção relacionada a uma patologia existente". Em 2018, fez uma cirurgia no quadril. Em janeiro de 2019, ele sofreu um acidente de carro dentro de sua propriedade em Sandringham. O veículo do príncipe capotou, mas Philip saiu ileso do acidente, e depois renunciou à sua carteira de motorista. No final de dezembro do ano passado, Philip ficou em observação "devido a problemas de saúde pré-existentes", segundo o palácio. Príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth, deixa hospital em Londres REUTERS/Hannah McKay VÍDEOS mais vistos do G1